O Reiki teve seu início no Japão, com a iniciação vivida por Mikao Usui em 1922, seu fundador. Ele vivenciou uma abertura espontânea de seus canais energéticos-espirituais, uma iluminação, tornando-se uma energia que ele passou a chamar de Reiki e um canal dessa energia.

A escrita japonesa é com ideogramas, ou Kanjis. Eles são desenhos que representam idéias completas, muitas vezes complexos para serem traduzidos para o vocabulário ocidental. Reiki é a união de dois Kanjis: Rei e Ki. De forma resumida, Rei pode ser entendido como a energia do Divino, o Imponderável, que se une ao nosso Ki, nossa energia vital, humana. Portanto tornar-se a energia Reiki, e um canal dessa energia, é trazer a energia do Divino/Imponderável, o Rei, para habitar no nosso corpo, comungar com a nossa energia vital humana, o Ki, e irradiar para tudo e todos a nossa volta.

O Reiki inicia o nosso processo de despertar, ou nos dá sustentação nesse processo, se já estamos nesse caminho. Numa experiência pessoal com Mikao Usui durante uma meditação, compreendi profundamente a informação que ele me transmitiu de “o Reiki é gentil”. É uma energia amorosa e gentil que nos penetra profundamente, nutrindo as células, removendo bloqueios e promovendo curas físicas, emocionais e espirituais, na medida que nos permitimos receber, nos cuidar e ser cuidados. Ao nos tornarmos Reikianos passamos a ter um acesso mais amplo a essa energia gentil e potente que desperta o nosso potencial de autocura e nos permite auxiliar o outro a despertar esse potencial nele quando fazemos uma aplicação de Reiki em alguém.

Reconhecido e adotado pelo SUS como uma prática de medicina complementar, o Reiki é mais do que uma técnica de terapia energética com as mãos, é um caminho de desenvolvimento pessoal e espiritual. Ele nos auxilia a despertar e tomar consciência de quem e o quê somos realmente, e começar a nos apropriar de nossa potencialidade infinita. Transmitindo a energia Reiki para outras pessoas durante um atendimento terapêutico ou uma meditação, estamos contribuindo para despertar também no outro essa mesma consciência e irradiamos um campo que contribui para o processo de despertar da humanidade inteira.

Segundo Mikao Usui, o Mestre japonês que é o seu fundador, o Reiki é “a força espiritual do universo” e o tratamento com Reiki “é um método capaz de curar corpo e mente” [Arjava Petter, 2013]. Ele não necessita da fé da pessoa sendo tratada ou da crença ou até mesmo da sua simpatia, pois não trabalha com sugestão, podendo curar doenças físicas ou psicológicas. Praticar o Reiki é trazer essa força para cooperar conosco, com aqueles à nossa volta e com todo o planeta no nosso dia a dia de forma natural e gentil. Este curso vai iniciá-lo na capacidade de se tornar essa energia e se alinhar a curas para você/sua vida, para aqueles à sua volta, contribuindo para o despertar de consciência no planeta.

Pré-requisitos: um chamado do coração e boa vontade.

pt_BR